Inteligência Emocional - 8 Dicas para os Gerentes de Força de Vendas dos Laboratórios Farmacêuticos

Inteligência Emocional - 8 Dicas para os Gerentes de Força de Vendas dos Laboratórios Farmacêuticos


























O Líder experiente reconhece que o melhor a fazer por suas equipes é despertar nelas, o que têm de melhor.


Quando o Líder ajuda os membros da sua equipe de Força de Vendas a praticarem o que têm de melhor, outros aspectos, como salário, desenvolvimento, lucratividade, comprometimento, e criatividade aparecem naturalmente.

A Inteligência Emocional é capaz de tornar os seus liderados mais conscientes de si mesmos. Este é o melhor modo de um Líder despertar maiores competências em suas equipes. Pois, além de desenvolver competências pessoais, os ajuda a conhecerem melhor a si mesmos, contribuindo para desenvolverem relações mais estáveis com aqueles com quem mantém relações profissionais.

Através do autoconhecimento poderão lidar melhor com as situações difíceis com as quais se defrontam diariamente. Dominarão novas ferramentas capazes de auxiliar na resolução de problemas de uma maneira que não conheciam anteriormente. Se desvencilharão de velhos hábitos que não contribuem em nada para sua produtividade.

Quando o Líder consegue ajudar as suas equipes a desenvolverem uma Inteligência Emocional adequada, esta deixa de desperdiçar energia com problemas tais como a falta de comunicação, mal-entendidos, tensões e conflitos.
OLHE HONESTAMENTE PARA SI MESMO 
O Líder consciente consegue observar ângulos diferentes simultaneamente. Assim consegue perceber comportamentos contraproducentes que tenha assimilado mesmo sem aperceber-se e implementa rapidamente uma rotina para eliminá-lo. 
Não há porque fugir dos erros. Além de reconhecê-los, precisamos aprender com eles. Ignorá-los pode ser o primeiro passo para repetí-los. 
NÃO HÁ LÓGICA NO CAOS 
É verdade que nos esforçamos para enquadrar tudo em processos, para ganharmos performance e aumentarmos a curva de aprendizagem, bem como de assertividade. Sejamos francos aqui: O mundo é um caos e isso inevitavelmente se reflete em nosso dia a dia, em nosso modelo de negócio e nas pessoas com quem mantemos relacionamentos profissionais. 
Da mesma forma como lidamos com os aspectos emocionais que nos afetam em casa, precisamos lidar profissionalmente. Reconhecer que os aspectos emocionais influenciam constantemente o nosso trabalho é uma maneira de deixarmos a frustração fora das nossas vidas. Sim, ocorrerão imprevistos, e sim serão por causa de aspectos emocionais em sua maioria. O Líder entende, absorve e supera.
ESTABILIZE A CONFIANÇA 
Confiar é o resultado do conhecimento sobre alguém. Quanto mais informações sobre quem necessitamos confiar tivermos, mais facilmente formaremos um conceito positivo desta pessoa.
O grau de confiança entre duas pessoas ou mais, é determinado pela capacidade que têm de prever o comportamento um do outro. Tem como base as experiências passadas que corroboram num padrão esperado, nos valores compartilhados e percebidos como compatíveis. 
As palavras do Líder, rodeadas por suas ações, constroem um vínculo de confiança com as suas equipes. Se perceber qualquer possibilidade de ruptura ou mesmo fissura nesta capacidade, busque imediatamente um modo de remediar e estabilizar a confiança novamente.
MOSTRE-SE VULNERÁVEL 
Este talvez seja um dos pontos mais difíceis para se superar, pois prescinde de Inteligência Emocional suficiente para se desprender da impossibilidade da perfeição. 
A busca pela demonstração da perfeição escraviza aqueles que se dedicam a ela.
Abrir mão da necessidade de mostrar-se assim alivia o relacionamento entre os liderados e aproxima o Líder pois vêem nele deficiências comuns que causam empatia.
PRATIQUE A AUTENTICIDADE 
A coerência por não se esforçar em manter um perfil encenado, como que numa peça teatral, ultrapassa qualquer esforço para se manter uma personagem entre o relacionamento do Líder e dos liderados. 
As palavras, o comportamento e as ações são mais facilmente emitidas e compreendidas, quando não há uma interface de simulação entre o que deseja e o que você realmente é.
MOLDE O SIGNIFICADO DE LIDERANÇA 
Permita que os liderados participem, mudem, sejam criativos. Tal ação influenciará o modo como vêem a liderança, assimilando-a mais facilmente.  
Toda a equipe replicará esse comportamento uma espiral de desenvolvimento contínuo será iniciada.
ESTIMULE A CURIOSIDADE 
Pratique e estimule a capacidade de ver coisas por outro ângulo. 
Descubra oportunidades escondidas, encontre as melhores soluções, não a primeira.
EXPONHA OS SUCESSOS 
O Líder permite que outros se desenvolvam, de fato, essa é uma das suas metas pessoais mais importantes. 
Divida os sucessos, mantenha os holofotes nos liderados. Faça questão de fazer outros crescerem, terem sucesso e prosperarem. 
GERENCIE A ENERGIA 
Compreender onde a sua energia e a da sua equipe está sendo empreendida é crucial para mantê-la produtiva. 
Mantenha-se afinado com a estratégia da sua companhia, certifique-se de que os gastos de energia da sua equipe não estão sendo gastos numa direção contrária às diretrizes.
Envie os seus comentários, bem como sugestões de artigos. Compartilhe este artigo com outros


Vitrine

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...